terça-feira, 18 de setembro de 2012

Alunos debatem sobre política


A experiência foi realizada em Ponta Grossa, no Paraná, mas pode muito bem ser repetida em todos os municípios brasileiros por educadores comprometidos com o ensino da leitura crítica dos veículos de comunicação.

Quando as campanhas políticas passaram a tomar conta do nosso cotidiano, através de outdoors pela cidade, propaganda na televisão e notícias no Jornal da Manhã, os alunos do Quinto Ano da Escola Municipal Professora Maria Laura Pereira, em Ponta Grossa, começaram a se interessar pelo tema e investigar o histórico da Política na nossa sociedade. A professora Juliana Borges Duda foi a responsável por conduzir a pesquisa. “Ao contrário do que muitos pensam, crianças também sabem expressar e argumentar suas opiniões quando o assunto é sério, como a política”, destaca.
Alunos da Escola Municipal Professora Maria Laura Pereira de Ponta Grossa (PR)
Juliana organizou a atividade com o objetivo de fazer os estudantes interpretarem as notícias que abordam o tema e ampliar o conhecimento deles quanto às questões políticas que permeiam o regime do País. A professora percebeu que alguns dos estudantes desconheciam e não se interessavam pela temática, mas a maior parte da turma questionava o assunto com bastante propriedade, o que contribuiu para organizar debates e seminários em sala de aula estimulando a troca de ideias em grupo.
Neste trabalho, o jornal foi um grande aliado como fonte de informação e pesquisa, junto com a Internet e os livros didáticos que também figuraram como ferramentas importantes na coleta de dados, mas, segundo Juliana, os depoimentos dos familiares foram imprescindíveis para os alunos. “Começamos pela seleção de notícias presentes no exemplar do JM que recebemos em sala de aula [todas as terças-feiras], mas as crianças passaram a adquirir na banca, espontaneamente, exemplares de outros dias da semana para estarem atualizados com as notícias”, conta.
O desafio, de acordo com a professora, estava em discutir o tema sem mencionar candidatos ou partidos, e ela aprovou a experiência. “Trabalhar com este tema foi gratificante e, ao mesmo tempo, inusitada, pois muitos profissionais da educação evitam abordar este assunto em setores públicos, prevendo que as discussões levariam nomes de candidatos ou apoio partidário. Ressalto, porém, que com um bom planejamento e ações determinadas é possível fazer a diferença na prática pedagógica, tornando assim a escola um espaço de referência, que favorece a formação de opinião e o exercício da cidadania”, esclarece a professora Juliana.
Confira em ‘Atividades com jornal na escola’, no site vamoslerjornaldamanha.com.br, os problemas e soluções apontados pelos alunos e seus familiares a respeito da política na cidade de Ponta Grossa.

Fonte: Jornal da Manhã/ Talita Moretto 18/09/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário