sexta-feira, 15 de junho de 2012

Rio +20

Blog Jornal e Educação


Junho chegou. E com ele o frio, a chuva, as festas de São João e, este ano, a Rio+20, aquele evento sobre o qual você já ouviu falar, muito! Sabe que é sobre meio ambiente, que os hotéis no Rio estão caríssimos, que vem um monte de gente importante do mundo inteiro para o Brasil para participar disso, mas....deve estar se perguntando: e eu com isso?
Trocando em miúdos, a Rio+20 pode ser vista por três dimensões. A primeira delas é a oficial, organizada pela ONU (Organização das Nações Unidas), onde chefes de Estado e de Governo se encontram por três dias para debater e, no final, assinar uma  declaração sobre os rumos do planeta daqui em diante sob o aspecto social,econômico e ambiental.
A segunda é a Cúpula dos Povos na Rio+20 por Justiça Social e Ambiental, que ocorre entre
15 e 23 de junho, no Aterro do Flamengo, também no Rio, organizada pelo Comitê Facilitador da Sociedade Civil Brasileira para a Rio+20 (CFSC). O CFSC é um grupo plural, formado por coletivos e
redes da sociedade civil brasileira. O CFSC tem assento na Comissão Nacional para a Rio+20 e é considerado como grupo de articulação local (“host country liaison group“).
Esse evento paralelo foi criado por organizações sociais que consideraram a pauta da Rio+20 (a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza e a estrutura
institucional para o desenvolvimento sustentável) insatisfatória para lidar com a
crise do planeta.
Na Cúpula dos Povos, haverá uma série de grupos de discussão divididos em três eixos:
denúncia das causas estruturais da crise, das falsas soluções e das novas formas  de reprodução do capital; soluções e novos paradigmas dos povos; e estimular organizações e movimentos sociais a articular processos de luta anti-capitalista.
A terceira é organizada pelo governo brasileiro batizada de Diálogos para o Desenvolvimento Sustentável. Entre 16 e 19 de junho, representantes da sociedade civil, incluindo setor privado, ONGs,
comunidade científica, entre outros, estarão reunidos no mesmo local da Conferência Rio+20
para uma discussão sobre temas prioritários relacionados ao desenvolvimento sustentável. As recomendações que resultarem dos Diálogos serão levadas diretamente aos Chefes de Estado e de Governo presentes na Cúpula.
Serão debatidos dez temas:

(1) Desenvolvimento Sustentável para o combate à pobreza;
(2) Desenvolvimento Sustentável como resposta às crises econômicas e financeiras;
(3) Desemprego, trabalho decente e migrações;
(4) A economia do Desenvolvimento Sustentável, incluindo padrões sustentáveis de produção e consumo;
(5) Florestas;
(6) Segurança alimentar e nutricional;
(7) Energia sustentável para todos;
(8) Água;
(9) Cidades sustentáveis e inovação;
(10) Oceanos.
Todos os debates serão transmitidos ao vivo no website das Nações Unidas.
Quer saber mais? Visite o Blog do nosso parceiro, Instituto Ecofuturo e saiba mais sobre o 3º Prêmio Ecofuturo de Sustentabilidade!
http://www.ecofuturo.org.br/premio/blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário