quinta-feira, 14 de junho de 2012

Facebook e Cartoon Network lançam campanha contra bullying

Blog Jornal e Educação

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o secretário estadual de educação, Herman Voorwald, e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Lu Alckmin, anunciaram, em um evento em São Paulo, seu apoio à campanha virtual de prevenção ao bullying, realizada pelo canal Cartoon Network em parceira com o Facebook e as instituições Plan International e Visão Mundial. A campanha tem como objetivo conscientizar pais, crianças e adolescentes a fim de prevenir e acabar com o bullying no Brasil e em toda a América Latina.
O site oficial oferece dicas para pais, crianças e adolescentes - vítimas ou testemunhas - e até mesmo educadores a combater a prática. Ações simples, como "escute seu filho" ou "fale com a direção da escola" e dicas de como criar uma ação antibullying em escolas são algumas das propostas encontradas no site.
"Nosso objetivo é, por meio desta grande iniciativa, dar maior abrangência ao trabalho que já vem sendo realizado com essa mesma finalidade na rede estadual de ensino de São Paulo”, afirmou o secretário da Educação Herman Voorwald. “Parcerias com instituições como o Facebook e Cartoon Network são importantes para a mobilização da sociedade."
O Facebook também está participando da ação, com a criação do aplicativo "Chega de Bullying, não fique calado", que pode ser encontrado na página oficial da campanha na rede social. Com o app, os inscritos podem gravar vídeos ou enviar fotos - que poderão ser vistos ao redor do mundo - colaborando com a divulgação da causa. Além disso, há um local reservado para parceiros, com links para sites da América Latina que falam sobre o assunto. O aplicativo foi feito com o intuito de ajuda a divulgação da campanha nas redes sociais.
“Com o aplicativo criado pelo Facebook e o engajamento de milhões de adolescentes e adultos por meio das redes sociais, a conscientização sobre a importância da prevenção ao bullying terá um alcance nunca antes visto na região”, declarou o vice-presidente sênior e gerente-geral do Cartoon Network e Boomerang para a América Latina, Barry Koch. "Os programas desenvolvidos pelas ONGs Plan International e Visão Mundial, e a participação do Facebook e das autoridades na área de educação, permitirão que a campanha se estenda além da nossa audiência, fornecendo informações e dicas também para adolescentes e adultos. Por meio desse enfoque de plataformas múltiplas e recursos combinados, seremos capazes de estimular mais e mais pessoas a adotarem medidas contra o bullying."
Celebridades como Claudia Leitte, Marcelo Tas, Ganso e Selena Gomez estão entre os primeiros a ajudar na luta contra o bullying e a estimularem outras pessoas a fazer o mesmo.
Qualquer pessoa pode colaborar com a campanha. A proposta feita pelo site do Movimento Cartoon é de que os interessados assumam o compromisso de "não ficar calado", como sugere o slogan da campanha, espalhando e praticando as ações sugeridas na página.Para ajudar a divulgar a causa, basta curtir a página no Facebook. Você também pode adicionar um widget da campanha em seu blog ou site.

Nenhum comentário:

Postar um comentário