quarta-feira, 30 de maio de 2012

Estudantes pesquisam o destino do lixo


Jornal e Educação

Na Escola Municipal Dr. Fulton Vitel B. de Macedo, localizada na Vila Odete em Ponta Grossa, a professora Roseli Rodrigues aproveitou as notícias publicadas no Jornal da Manhã que abordavam o meio ambiente para discutir com os alunos do 5º ano B ações para diminuir os problemas causados pelo lixo.
O caso revelado na coluna Fala Cidadão do dia 27 de março: ‘Leitor quer solução para lote sujo no centro de PG’, chamou a atenção da turma. “Todos concordaram que o abandono em que se encontra o terreno mencionado no texto acaba denegrindo a imagem do município”, explica Roseli. A partir daí todos foram em busca de informações sobre o destino do lixo.
Além de pesquisas em outras fontes de informação, a turma participou de palestra com o funcionário do Hospital Vicentino, Airton Ferrari, que falou sobre lixo hospitalar. “Também fomos entrevistar pessoas da comunidade para verificar qual era o destino dado ao lixo produzido em suas casas. Como resultado, descobrimos que a maioria das famílias não faz a coleta seletiva, mas existem exceções, como a senhora Ana Lúcia que confecciona sacolas, estojos, flores, utilizando produtos recicláveis, e depois vende, o que lhe dá uma renda extra. Conhecemos também o caso de um morador na rua Serra da Canastra que cuida de uma nascente que fica em seu lote”, revela Roseli.
Com o trabalho a professora conseguiu um maior envolvimento da comunidade com a escola e mais interesse dos alunos na realização das atividades propostas. Os alunos fizeram um folder informativo para enviar às famílias entrevistadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário