quinta-feira, 5 de abril de 2012

Dia da Mentira e um pouco de jornal em sala de aula

A Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Profª Carmélia Mello Fonseca, no bairro Vila Industrial em Araçatuba, aproveitou o dia 1º de abril, conhecido mundialmente como o "Dia da Mentira",   para conscientizar os alunos sobre o ato de mentir e quais as suas consequências.
Fez parte das atividades descobrir a origem desta data. Nas pesquisas apareceram várias explicações. Uma versão diz que em 1564, depois que o rei da França, Carlos IX, determinou que o início do ano seria em 1º de janeiro e não mais no dia 1º de abril, alguns franceses resistiram à mudança e continuaram seguindo o calendário antigo. Assim, alguns gozadores mandavam presentes e pregavam pagadinhas no "dia da mentira" com essas pessoas.

Os alunos também descobriram que no Brasil a brincadeira com essa data começou com um periódico chamado "A Mentira", que foi lançado no dia 1º de abril de 1828 noticiando o falecimento de Dom Pedro, o que foi desmentido no dia seguinte. Mesmo depois de fechado o "A Mentira",  algumas pessoas continuaram pregando peças, como por exemplo, chamando todos os credores para um acerto de contas em lugar inexistente. Hoje, a imprensa não pode mentir. Quando isso acontece com algum veículo ele cai em descrédito. As notícias precisam nascer do fato verdadeiro.

VOZ DO POVO
Após a pesquisa, as crianças fizeram ENTREVISTAS com as pessoas próximas para saber o que elas ensinam para os filhos sobre o ato de mentir. Os resultados foram os seguintes:
1. A honestidade é a base para qualquer relacionamento, então o respeito e o cuidado devem ser lembrados.
2. Mentir é muito feio e os pais ensinam que temos que sempre dizer a verdade, pois mentir pode ter consequências, e além do mais, é uma falta de consideração ao próximo.
3. A mentira gera conflitos, pode acabar com amizades e destruir famílias.Quando alguém mente, é difícil confiar nela novamente.
4. É melhor dizer uma verdade que doi do que uma mentira que "faz bem", porque depois da descoberta, tudo fica ruim.

APRENDIZADO
O que acharam do Dia da Mentira?
O resumo dos relatos das crianças foi:
1. É um dia legal, pois fazemos várias brincadeiras, que não devem ser de mal gosto, só uma "pegadinha". Não deve prejudicar ninguém.
2. É um dia liberado, mas não se deve mentir porque com o tempo as crianças podem se acostumar a isso, o que não é bom. A mentira é maléfica, vicia e prejudica pessoas.

De acordo com os educadores, após as atividades, ficou constatado que as opiniões divergiram sobre o Dia da Mentira, mas todos concordaram que é muito importante ser verdadeiro, respeitar o próximo e não fazer algo que o outro não vá se sentir bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário