segunda-feira, 16 de abril de 2012

Atividades além da escola

Educa Já
Por Cybele Meyer

Os pais, assim que a criança retorna à escola, já se preocupam em conciliar os horários de aula com as atividades extra-escolares. Normalmente a criança pratica um esporte seja natação, ballet ou futebol; um idioma, normalmente o inglês e há aqueles que também frequentam aulas de desenho, artes, música, teatro ou informática.
Cuidado pais! Vocês podem estar sobrecarregando seus filhos. Sei que a intenção é a melhor, porém o cumprir tantos horários e tantas atividades diferenciadas pode causar um cansaço profundo chegando a provocar estresse.
É claro que se conseguirmos com que nossos filhos tenham, depois de crescidos, uma profissão, saibam tocar um instrumento musical, pratiquem um esporte, saibam falar um segundo idioma e tenham desenvoltura na informática teremos para oferecer ao mercado de trabalho um excelente profissional. E é exatamente isso que todo pai/mãe quer para o seu filho: oferecer-lhe o melhor para que ele seja um vencedor!

Mas o importante é propiciar aquilo que o filho deseja fazer e não o que os pais querem que ele(a) faça. Se a criança não gosta de uma determinada atividade e se vê forçada a fazê-la irá reagir reclamando de dor de cabeça na hora de ir, ou começará a chorar, a reclamar de cansaço, se tornará agressiva e poderá até começar a ranger os dentes durante o sono. Ela terá que extravasar esta insatisfação e o fará utilizando alguns destes comportamentos.
Por isso é muito importante que a criança queira fazer algumas destas atividades extras, pois assim sentirá prazer em praticá-las e consequentemente não se sentirá cansada. Muito mais nocivo do que o acúmulo de horários é o fazer obrigado.
Assim sendo, converse sempre com seu(sua) filho(a) antes de colocá-lo(a) para frequentar outras atividades e não deixe de lhe proporcionar horas de lazer em que possa fazer somente o que ele(a) quiser, sem qualquer comprometimento pedagógico.

Cybele Meyer – Educadora e colaboradora do Instituto Paramitas. Fez Pós-Graduação em Psicopedagogia Clínica e Institucional, Docência do Ensino Superior, Docência e Tutoria em EAD e Gestão do Trabalho Pedagógico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário