quinta-feira, 29 de março de 2012

CEF leva educação financeira para alunos



Silvia Helena
Folha da Região - 29/03/2012 (B5)



A Caixa Econômica Federal promove amanhã trabalho de educação financeira com alunos do 5º e 6º ano do ensino fundamental numa escola particular de Birigui. O objetivo da ação é incentivar crianças e jovens a poupar. A cidade é uma das 164 selecionadas em todo o Brasil para receber palestra sobre o tema. A atividade será voltada para estudantes com idade entre 9 e 11 anos das redes pública e particular de ensino.
O gerente-geral da agência central da Caixa em Birigui, Marcílio Felipe Júnior, contou que na área de abrangência da regional do banco instalada em Presidente Prudente apenas Birigui e Assis atenderam aos critérios estabelecidos pela instituição financeira para receber o projeto.


MASCOTES
Para chamar atenção dos estudantes, ele contou que serão usados os personagens "Poupançudos", mascotes criadas em 2006 para divulgar a caderneta de poupança da Caixa.
Conforme Marcílio, nessa primeira etapa do projeto serão envolvidas cidades com 100 mil habitantes ou população próxima disso. "A ideia é educar as crianças e jovens financeiramente evitando que elas se tornem vítimas do consumismo desnecessário", pontuou.
Ele completou que a estratégia está alinhada ao posicionamento da empresa de ser reconhecida como banco que promove educação financeira. Durante as palestras serão passadas dicas sobre a importância do dinheiro, como poupar e sobre os limites financeiros. "Tudo de modo didático e divertido", ressaltou.
Marcílio disse que, além disso, também serão distribuídos kits escolares contendo estojo, lápis, caneta, borracha e régua. As crianças ainda receberão os bonecos "Poupançudos do Rock", que funcionam como cofres.
O gerente-geral agência central da Caixa em Birigui apontou que a poupança ainda é uma das principais aplicações financeiras do banco. Marcílio disse que a modalidade sobre a qual não incide nenhum tipo de cobrança de imposto ainda é uma das preferidas quando a intenção é guardar dinheiro visando o futuro das crianças.

AGÊNCIAS
No ano passado, a caderneta de poupança movimentou R$ 1,2 bilhão nas agências que compõe a regional de Presidente Prudente da Caixa, apresentando crescimento de 19,9% com relação ao saldo de R$ 1,03 bilhão registrado em 2010. O número de contas abertas também cresceu 7,14% no período, passando de 348.555 em 2010 para 373.463 contas no ano passado.
O saldo líquido da caderneta de poupança também cresceu 15,8% de um ano para o outro. Em 2011 o resultado dos depósitos subtraído das retiradas da aplicação financeira foi de R$ 129 milhões ante R$ 112 milhões do ano retrasado.

ARAÇATUBA
Em Araçatuba, apesar de o valor líquido na aplicação financeira ter sofrido retração de 15,3%, o município fechou 2011 com aumento de 7,8% no número de contas abertas, saltando de 48.993 cadernetas de poupança abertas em 2010, quando foram feitos R$ 21 milhões em depósitos, ante 52.830 contas abertas em 2011, que juntas receberam R$ 17,7 milhões em depósito.
No saldo geral das aplicações na modalidade financeira a cidade teve crescimento de 18,9%, fechando o ano passado com R$ 184,3 milhões ante os R$ 154,9 milhões movimentados no ano retrasado.
Em Birigui, no ano passado a captação líquida ficou em R$ 8,8 milhões, com a abertura de 31.590 contas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário