sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Matrículas custeadas pelo Fies podem ser suspensas em 2012

Alunos que contam com o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) para custear a graduação em universidades privadas podem ficar fora das salas de aula em 2012. Em entrevista ao Terra, a presidente da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), Amábile Pácios, disse que a entidade cogita recomendar às instituições o veto de novas matrículas que seriam pagas pelo governo em função de cerca de R$ 500 milhões que ainda não teriam sido repassados às universidades privadas. A redução da adesão ao Fies não é uma decisão oficial - os representantes das universidades privadas deverão se reunir no dia 13 de janeiro para averiguar quais medidas serão tomadas. Além disso, a presidente da federação afirmou que, mesmo que o fórum vote pela recomendação às escolas para que não recebam novos beneficiários até que o problema seja sanado, caberá a cada universidade decidir sobre a redução e suspensão de alunos assistidos pelo programa. Veja mais em: http://noticias.terra.com.br/educacao/noticias/0,,OI5535521-EI8266,00-Matriculas+custeadas+pelo+Fies+podem+ser+suspensas+em.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário