quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Semana Literária tem lançamento e troca de livros


Por Talita Rustichelli

A literatura segue como foco cultural até sábado, dia 17, em Araçatuba. Além da palestra "As ciladas da literatura infantojuvenil", que será ministrada pelo escritor Menalton Braff hoje, às 20h30, o Grupo Experimental da Academia Araçatubense de Letras lança mais uma coletânea, o livro "Experimentânea 9", às 19h, dentro da programação da Semana de Literatura. As palestras e o lançamento acontecem no Senac (Av. João Arruda Brasil, 500).

O Grupo Experimental existe há mais de dez anos e realiza reuniões mensalmente, todas as segundas e terças-feiras do mês, onde escritores e interessados em começar a escrever participam de atividades relacionadas à literatura. A cada ano, o grupo publica uma coletânea de textos de diversos gêneros, como contos, crônicas e poemas.


Nesta nona edição, há textos de 18 autores, todos frequentadores do Grupo, moradores de Araçatuba. Foram impressos 500 exemplares pela editora Somos, da Folha da Região, e, pelo segundo ano consecutivo, as publicações estão sendo custeadas pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura da cidade.

Para Marilurdes Martins Campezi, membro da Academia Araçatubense de Letras, o grupo vem contribuindo com o fomento da produção de textos e a publicação de livros na cidade. O projeto foi iniciado pelo acadêmico e secretário de Cultura, Hélio Consolaro, e continuado por outros membros do grupo e da Academia.

LEITURA
A Feira Itinerante de Trocas de Livros é outra atração que acontece durante a Semana de Literatura. Realizado desde 2003 pelo Senac, o projeto vem pelo sexto ano consecutivo a Araçatuba e tem como objetivo estimular a leitura e o compartilhamento de títulos novos ou usados com a comunidade.

Os interessados devem levar obras em bom estado de conservação e poderão trocá-las pelas publicações oferecidas pelo Senac até sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 22h. A auxiliar de documentação técnica da biblioteca do Senac de Araçatuba, Isonilde Maria Vaz José, afirma que são oferecidas obras de diversos gêneros. "O acervo é bem variado. Há romances, livros de poemas, de literatura infantil, gibis, entre outros", diz.

As trocas devem ser feitas apenas com publicações semelhantes (livros por livros, gibis por gibis etc). Não são aceitos materiais com conteúdo didático, político ou religioso, enciclopédias, dicionários, guias e revistas, nem livros que não sejam em língua portuguesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário