terça-feira, 23 de agosto de 2011

Escolas terão projetos reconhecidos e premiados

Ler para Crescer. A oração que dá nome ao programa educacional da Folha da Região foi escolhida porque reflete a intenção da equipe de promover mudanças significativas na vida do público por meio da leitura. Informadas, essas pessoas terão senso crítico, saberão se posicionar diante do mundo e construir ações que melhorem a sociedade aonde vivem. É a leitura fermentando a cidadania.

Com este pensamento, o Ler para Crescer está lançando seu primeiro concurso destinado para as escolas públicas e particulares de Araçatuba. O programa quer descobrir e valorizar os projetos educacionais realizados entre janeiro do ano passado até julho deste ano que trouxeram melhorias seja para uma única turma até para uma escola inteira. Pode ter melhorado o bairro onde esta unidade escolar está inserida ou mesmo toda a coletividade.

Cantinhos de leitura no espaço do recreio, substituição dos copinhos plásticos por outros recipientes para água com consciência coletiva de sustentabilidade, implantação de um coral, uma fanfarra ou um grupo de danças em horário alternativo para tirar crianças e jovens do risco social; adoção de uma praça com reforma e manutenção para o benefício de toda a comunidade. Enfim, ações muitas vezes até rotineiras que acontecem sistematicamente nas escolas, mas que a comunidade desconhece, muitas vezes não valoriza, mas que precisam ser reconhecidas.

“O trabalho realizado pelos educadores tem ido muito além do conteúdo pedagógico. As ações de cidadania são permanentes nas escolas, mas os professores, muitas vezes, não têm noção da dimensão do seu trabalho. Este concurso quer, então, disseminar boas ideias e multiplicá-las”, disse a jornalista Ayne Salviano, coordenadora do Ler para Crescer.


Cada escola pode concorrer com quantos projetos pedagógicos desejar, mas receberá somente um dos prêmios: uma máquina fotográfica digital (1º lugar), um aparelho DVD (2º lugar) ou um microsystem (3º lugar), além de ter matérias publicadas nos veículos de comunicação da Folha da Região.


As escolas inscritas serão convidadas a apresentarem seus projetos para a comunidade. Um júri de especialistas definirá os três projetos vencedores, que serão premiados em outubro. Todos os concorrentes receberão certificado de participação. O resultado será divulgado na Folha da Região e no blog lerparacrescer.folhadaregiao.com.br.


Um comentário:

  1. Estou muito feliz com esse novo projeto ass:Camila Cristina de Omena taveira

    ResponderExcluir