segunda-feira, 4 de julho de 2011

Sinfônica de Tatuí in concert

Por Talita Rustichelli


Diferente de uma orquestra sinfônica, que reúne em maior parte instrumentos de cordas, como violinos, violas, violoncelos e contrabaixos, uma banda sinfônica tem sua base em instrumentos de sopros (madeiras e metais), como trompete, trombone, flauta, fagote, oboé.

A população de Araçatuba e região pode assistir uma das faces dessas formações. A Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí se apresentou em Araçatuba no sábado, dia 2 de julho.



O evento foi realizado pelo Sescoop-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) em comemoração ao Dia Internacional do Cooperativismo, em parceria com a Ocesp (Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo), o Governo de São Paulo e a Prefeitura de Araçatuba.

A Banda foi formada em 1992, a partir de um processo de semiprofissionalização de alunos de nível avançado dos cursos de música do Conservatório Dramático e Musical de Tatuí "Dr. Carlos de Campos".

A banda é coordenada pelo maestro Dario Sotelo, formado em piano, violino e viola, mestre em regência orquestral pela "City University" (Londres) e responsável pelo curso de regência instrumental do Conservatório.

O grupo hoje conta com 65 integrantes, divididos entre os naipes de sopros (madeiras e metais) e percussão sinfônica, entre professores, músicos profissionais e alunos do Conservatório de Tatuí em nível avançado. "Estes alunos são bolsistas remunerados que têm a oportunidade da prática de conjunto com profissionais e professores, desenvolvendo o aprendizado", explica Sotelo.

Na apresentação em Araçatuba, a Banda será regida por um músico convidado, o maestro Marcelo Maganha, que desenvolve o trabalho com a Sinfônica há quatro anos e integrou o grupo como aluno instrumentista nos anos de 1999 e 2000. Trompetista, violonista e regente, Maganha participou do Midwest Clinic em Chicago (EUA), estudou música com habilitação em regência na USC (Universidade do Sagrado Coração), de Bauru, é formado em regência instrumental e trompete erudito pelo Conservatório de Tatuí e foi regente assistente da Orquestra Sinfônica da USC/Bauru durante seis anos.

Além dele, o grupo já recebeu como regentes convidados dezenas de outros profissionais renomados, como os americanos Arnald Gabriel, Virginia Allen, Daniel Havens, Isaac Daniel Jr., Pamela Bustos, Thomas Lee, Lowell Graham, Thomas O'Neal e Matthew George, os argentinos Hadrian Avila, David Antezana e Juan Ringer, os espanhóis Francisco Grau Vegara, Pablo Sanches Torrella, Rafael Sanz-Espert, o canadense Glenn Price e o brasileiro Marcelo Jardim.

GRAVAÇÕES
A Banda Sinfônica conta com diversas realizações fonográficas: os discos "Compositores Brasileiros" (1995), "Pró Banda - Compositores Brasileiros" (1997), "Arranjadores Brasileiros" (2000), "Retratos" (2002), "Pró Banda" (2003), "Do Coração e da Alma - Obras de Hudson Nogueira" (2004) e "15 Anos" (2006). Também foram realizadas gravações de CDs demonstrativos para editoras de outros países, dois para a empresa holandesa "Gobelin", em 2001, e um para uma editora japonesa, em 2003.

O primeiro registro em DVD foi realizado em 2007, com a gravação do documentário "15 Anos", sobre a história do Conservatório.

Além da história da instituição, o vídeo conta a trajetória da banda e traz apresentações que incluem no repertório músicas de Astor Piazzolla, Tom Jobim e Zequinha de Abreu.

PÚBLICO
De acordo com o maestro Dario Sotelo, a Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí realiza um trabalho de formação de plateias. “Realizamos ações com a finalidade de educar e possibilitar o contato de crianças e adolescentes com o universo da música erudita”. Espetáculos voltados ao público infantil, realizados em parceria com atores da Cia. de Teatro do Conservatório, apresentam dentro de um contexto obras eruditas de compositores consagrados no cenário de bandas, como Villa-Lobos, Edmundo Villani-Côrtes, entre outros. Foram produzidas sete montagens, sendo a mais recente chamada "Sonho de Criança".

Nenhum comentário:

Postar um comentário