terça-feira, 19 de julho de 2011

Jornal atualiza temas das disciplinas



Por Jornal O Progresso


Compartilhamos matéria publicada no jornal O Progresso, de Dourados/MS, dia 16/07, sobre os benefícios que o jornal tem levado a duas escolas da região.

Educadores das Escola Municipal José Estolano Perequeté e da estadual, Antonio Vicente Azambuja, do Distrito de Itahum, participaram de oficina sobre o jornal como fonte de leitura que atualiza todas as disciplinas. Os professores encontraram nas páginas do jornal textos que enriquecem as aulas de História, Geografia, Educação Física e Temas Transversais, como o respeito, a ética e outras.


Inserir a leitura em todas as disciplinas tem sido a proposta do Programa Jornal e Educação “O PROGRESSO – Ensinando a Ler o Mundo”, do Instituto Weimar Torres. Os educadores da Língua Portuguesa não ficarão sozinhos com a responsabilidade de formar leitores que interpretam e produzem idéias críticas. Trabalhar a leitura de maneira interdisciplinar é a proposta dos educadores de Itahum, que juntas atendem aproximadamente 800 estudantes, do pré escolar ao ensino Médio, diz a coordenadora do Jornal e Educação, Fátima Frota.

A variedade de textos oferecidos pelo jornal favorece um “leque” de atividades que podem ajudar o aluno a entender os conteúdos. “O caderno B, por exemplo, é cultural. Cinema, música, crônicas e eventos culturais acabam se tornando mais próximos de nós, auxiliando na compreensão da diversidade cultural”, comenta a professora Marla Szymczak.

Os professores de Educação Física, por exemplo, encontraram na capa do caderno D MAIS do dia 28 de maio, motivos para trabalharem a beleza física e as consêquencias pela busca do corpo perfeito. Eles selecionaram temas para leitura e debate nas salas de aula. “Com certeza, os estudantes que receberem esse jornal, vão ler o D MAIS, devido a capa que apresenta uma linda mulher de lingerie. Com esta foto, por exemplo, podemos introduzir assuntos como a anorexia, o exercício físico como fonte de saúde e não unicamente estética, o esteróide e o biotipo de cada pessoa”, observa o professor Wilson Gonzales.

A partir da leitura do jornal nas escolas, os educadores da escola estadual Antonio Vicente Azambuja vão produzir o jornal mural, informativo que envolve a participação de todas as séries. Além disso, a escola já desenvolve o projeto “Repórter por um dia”, onde os estudantes produzem matérias sobre a situação do distrito de Itahum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário