sexta-feira, 3 de junho de 2011

Exposição reúne obras da cultura afro-brasileira

Por Talita Rustichelli

Imagens de Rubem Valentim simbolizam o candomblé
O Museu Histórico e Pedagógico Marechal Cândido Rondon, de Araçatuba, recebe de hoje a 16 de julho a exposição itinerante do Museu Afro Brasil "Emblemas Afro-Baianos de Rubem Valentim". A abertura é hoje, às 20h, e a visitação é gratuita.

A mostra é composta por 14 obras produzidas com a técnica de serigrafia (processo de impressão a partir de um molde) pelo artista plástico Rubem Valentim. As imagens simbolizam o candomblé por meio de uma linguagem geométrica, do colorido típico dos trabalhos do artista, e de características ligadas ao concretismo (movimento artístico vanguardista com o intuito de acabar com a distinção entre forma e conteúdo).

Rubem Valentim nasceu em Salvador (BA), em 1922, e faleceu em São Paulo, em 1991. É considerado um dos maiores artistas representantes da cultura afro-brasileira. Uma de suas obras conhecidas é uma escultura de 8,5 metros feita em concreto, situada na Praça da Sé, em São Paulo, instalada em 1979 e definida por Valentim como o Marco Sincrético da Cultura Afro-Brasileira.

ANO
Para Carlos Paupitz, diretor do Departamento de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Artístico da Secretaria Municipal de Cultura, a exposição está sendo recebida em um momento oportuno. "O ano de 2011 foi instituído pela ONU (Organização das Nações Unidas) como o Ano Internacional dos Afrodescendentes. A exposição será importante também para estimular as abordagens acerca do tema". A iniciativa da ONU visa promover o respeito à diversidade e herança culturais, na tentativa de promover a erradicação da discriminação a descendentes de africanos.

DEBATE
Hoje, às 19h, antes da abertura da exposição, será realizada uma mesa redonda com o tema "Os desafios da implementação da lei 10.639/03 em Araçatuba", que institui a obrigatoriedade do ensino da história e da cultura afro-brasileira nas escolas. Não é necessário fazer inscrição e a participação também é gratuita.

A exposição acontece em parceria entre a Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Sisem-SP (Sistema Estadual de Museus), o Museu Afro Brasil de São Paulo, e a Prefeitura de Araçatuba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário