quinta-feira, 5 de maio de 2011

Aumento de número de vereadores causa indignação em alunos



Nas últimas semanas um assunto de grande repercussão nos jornais e nas conversas dos cidadãos de Ponta Grossa foi a possibilidade do aumento do número de vereadores na Câmara Municipal. Tanto se falou que o episódio chamou a atenção dos alunos do 5º ano A e B (entre 9 e 10 anos de idade) da Escola Municipal Prefeito Major Manoel Vicente Bittencourt. A notícia ‘Câmara de PG contará com mais 8 vereadores em 2013’, publicada dia 26 de abril no Jornal da Manhã, foi o início de uma ampla discussão em sala de aula.

Foi realizada uma votação para ver os que eram a favor e os que eram contra o aumento de cadeiras no legislativo municipal, e dos 47 alunos participantes, 39 votaram contra. Somente quatro foram favoráveis ao aumento.
As professoras Luci Cândida Depetris e Nair Chagas Bobatose coordenaram o debate, e cofessam que ficaram surpressas com o senso crítico das crianças. “Indignados, disseram que os vereadores estão no poder para resolver os problemas das comunidades e que, infelizmente, isso não acontece, pois o bairro onde moram apresenta vários problemas que há muito tempo necessitam ser sanados. Lembraram também que muitos casos ficam apenas na promessa, em época de eleição, de uma possível solução”, comentam. A turma finalizou o debate concluindo que a verba designada para o aumento de cadeiras no legislativo deveria ser destinada à saúde e educação.

As educadoras já percebem um aumento da visão crítica e participação dos estudantes em assuntos que antes eram somente de interesse de adultos. Os jovens já possuem opinião própria e querem ser ouvidos. As educadoras declaram que as atividades desenvolvidas com o jornal em sala de aula “vêm ao encontro do interesse dos alunos e da necessidade de um trabalho voltado para leitura de mundo e interpretação de fatos sociais que interferem diretamente em nossa condição de cidadãos. Cidadãos estes que necessitam ser politizados e atuantes no meio em que estão inseridos”, destacam.

*Notícia publicada dia 04 de Maio de 2011, na página JM nas escolas, no Jornal da Manhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário