terça-feira, 1 de março de 2011

Folha começa novo programa de leitura

Cursos de formação continuada para educadores, concursos culturais, distribuição gratuita de exemplares, visitas monitoradas e muitas outras ações fazem parte do programa. Dezenas de professores que em 2010 fizeram os cursos promovidos pela Folha concordam que o jornal é um recurso educacional e pedagógico que deve ser trabalhado com maior potencial dentro da sala de aula.

Para a coordenadora pedagógica do Colégio Geração Raízes, de Araçatuba, Ana Lúcia de Arruda Ramos, o programa é uma excelente forma de aliar a educação com a cidadania. "Ensinar nossos alunos em sala de aula e perceber que eles conseguem aplicar esse conhecimento no dia a dia é um grande trunfo. O trabalho da Folha possibilita essa conexão do que se aprende dentro da escola com a vida.", afirma.


No ano passado, o Raízes participou do projeto. Este ano, a parceria vai continuar. "É importante trazer o jornal inteiro para dentro da sala de aula. Os alunos conseguem identificar com maior clareza toda a estrutura desse veículo e adquirem um senso crítico valioso", diz.

CAPACITAÇÃO
Manusear o jornal e identificar as partes que o compõem e ampliar a percepção do mundo por meio de atividades lúdicas e pedagógicas com este veículo de comunicação são algumas das ações realizadas durante os cursos de formação continuada para professores, realizados gratuitamente pela Folha da Região, que já estão com inscrições abertas.

Profissionais da rede pública e privada de Araçatuba e região podem participar. O módulo Básico, que todo professor iniciante no programa precisa cursar, é composto por cinco encontros, um por semana, com até 2 horas de duração cada.

Há turmas previstas para os períodos da manhã e tarde. Já os módulos avançados, para os professores que já passaram pela primeira fase, são oferecidos semestralmente e têm duração que varia de acordo com o tema.

Em todas as aulas os educadores aprendem a identificar elementos do jornal e tiram dúvidas sobre as diversas possibilidades de atividades que podem surgir com a utilização do jornal dentro da sala de aula.

Em todos os cursos, as vagas são preenchidas por ordem de chegada das inscrições. O limite é de 20 pessoas para cada curso. Os contatos devem ser feitos pelo e-mail lerparacrescer@folhadaregiao.com.br. (Neila Storti)

Nenhum comentário:

Postar um comentário